Comunicado de imprensa

No centro de Lisboa: Alunos obrigados a andar 1 km a pé para poderem ter aulas de Educação Física.

alunos chuva.jpg

A EB23 Luís de Camões é uma escola de 2º e 3º ciclo situada no centro de Lisboa, na freguesia do Areeiro e tem cerca de 550 alunos entre os 9 e os 15 anos.

Há cerca de 8 anos o ginásio que a escola dispunha para a prática desportiva foi demolido por se encontrar severamente degradado e representar um risco para a segurança de alunos e professores.

Os alunos passaram então a ter aulas de Educação Física e Desporto escolar no Pavilhão Municipal do Casal Vistoso, instalações alugadas pela escola à Câmara Municipal de Lisboa.

Alunos sujeitos a riscos

No entanto, a segurança e bem estar dos alunos não foram assegurados. Desde essa altura que as crianças são obrigadas a percorrer esse percurso, de cerca de 1 km, a pé, duas vezes por semana, atravessando artérias perigosas da cidade com trânsito intenso, muitas vezes sob condições naturais adversas, à chuva e ao sol, carregadas com mochilas que chegam a ser superiores a 30% do seu peso.

Pais não se conformam

Os pais e encarregados de educação não se conformam com esta realidade que já dura há 8 anos sem fim à vista e promoveram uma petição que apresentaram na Assembleia Municipal de Lisboa. A AML informou que a responsabilidade desta situação era do Ministério da Educação apesar de ter aprovado uma recomendação por unanimidade para que fosse diligenciado um autocarro para transportar os alunos no percurso escola/pavilhão.

Ministério não responde e a APEE considera que os alunos estão a ser discriminados

Apesar da Associação de Pais já ter pedido audiência ao ministro de forma a resolver esta situação o mais rapidamente possível, até ao momento não obteve qualquer resposta e considera que os alunos da EB23 Luís de Camões estão a ser discriminados e ignorados pela tutela.

Na mesma freguesia há outra escola com o mesmo grau de ensino que foi alvo de remodelação total pelo Parque Escolar, — A agrupamento de Escolas Filipa de Lencastre — que tem todas as condições materiais que é suposto um estabelecimento de ensino de uma capital europeia do séc. XXI ter.

Consideramos que os nossos alunos estão a ser alvo de discriminação, revelando uma aposta na educação a duas velocidades, uma sónica outra a pé. 

A Direção da APEE da EB23 Luís de Camões

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s